bggghjkkkk

bggghjkkkk

27 de agosto de 2016

LIVRO - AMÉM !



AMOR DE LUZ

    Quando o amor existe de verdade, existem ao menos dois corações e quando um dos corações para de bater, as lágrimas caem como se fossem correntezas sem fim e sem destino. Imagine só você estar hoje abraçado com quem ama, sentindo o calor do corpo e a sutileza da alma e amanhã, sem mais nem menos, o seu grande amor desaparece. Não falo apenas do amor sentimento, falo e digo sobre o amor caridade, bondade, amizade e felicidade.
     Disse a Deus que se você fosse embora eu iria te buscar seja onde fosse e não mediria esforços para te encontrar. Você se foi. Eu me desesperei. Senti vontade de ir embora para sempre, mas prometi a Deus que iria te encontrar e assim congelei meu coração, fiz as malas sem a minha felicidade e parti, sem rumo, mas sabia que se percorresse a escuridão, na hora certa, viria uma luz para iluminar meu caminho e te encontrar.
     Não é fácil vencer obstáculos, ainda mais quando não se tem amor para compensar a infelicidade da saudade, quando não se tem ninguém ao lado para ajudar quando a recaída chega, e chega impiedosamente que as lágrimas secam com a agonia e ao invés do corpo é a alma que se desconstrói, corrói, aniquila, até apagar da memória os momentos em que se podia sorrir, se podia amar sem se queixar, sem se preocupar que no dia seguinte tudo poderia se acabar. Valer a pena!
     Num dia tive um sonho terrível. Sonhei que as estrela, uma a uma, estavam se apagando. Neste sonho eu tinha a possibilidade de voar, mas estava sem rumo.
     - De que adianta ter asas, saber voar, se não consigo te encontrar para te levar, seja para algum lugar, onde podemos chegar?
     - Não posso seguir sozinho, preciso te encontrar, pois o meu coração não bate sem ter quem eu ame ao meu lado, sem poder beijar quem me faz falta.
     Perguntei a Deus se deveria esperar você chegar, Ele não respondeu... Rezei sem perder a fé até que tudo se apagou e desapareci.
     - Você tem que passar pelas pedras, pelos obstáculos que estarão em seu caminho!
     O caminho foi longo. Despedacei minhas asas e segui pela estrada somente com uma arma: A minha fé.
     - De que adianta eu saber voar se não existe um céu no meu olhar?
     Sabia que Deus nunca iria me abandonar, mas sentia que teria que ter a iniciativa, lutar sem me desesperar e foi então que encontrei o caminho, encontrei a estrada certa e segui sem olhar para trás.
     No inicio as pedras que estavam diante de mim eram pequenas, não me causavam dor e foi fácil transportá-las para o lado ruim, para nunca mais voltarem. Mas eu tinha que provar a Deus que a minha fé era mais forte e firme que a maior das pedras que pudesse encontrar.
     Eu sentia que existia uma luz dentro de mim e toda vez que orava a Deus ela brilhava e me indicava o caminho a percorrer. Mesmo em grandes distâncias ela iluminava o meu caminho.
     Entendi que mesmo quando a escuridão habitava em meu caminho, um farol se ergueria e a luz se faria em meu ser, como se fosse a sintonia maior entre eu e Deus, amor provido de proteção, fé, esperança e perseverança.
     Quando foi inevitável deixar de chorar, não consegui encontrar um antídoto para a saudade. Quando a saudade vem, o coração se comprime, bate descompassadamente e os obstáculos que encontramos no caminho são difíceis de transpor.
     - Se quiser desistir, você pode voltar de onde estiver. Você não será considerado um fraco ou desvalido, apenas não terá a oportunidade de saber até onde pode chegar seu amor.
     Prometi ao meu amor que só desistiria quando cessasse a minha vida e em minhas orações sempre pedi a Deus para não esgotar as minhas forças. Eu só sentiria vontade de morrer se fosse para te encontrar e de alguma maneira te abraçar e te beijar, como sempre em nossas vidas.
     - Deus, o meu amor está aflita para que eu chegue logo. Essa estrada nunca termina. Já venci muitos obstáculos, as pedras que me atingiram deixaram chagas em meu corpo, mas não feriram a minha alma.
     Estou em pé e preciso do meu amor. Deus meu, pai celestial, traga o meu amor de volta e faça a minha dor desaparecer!
     - Volte meu amor! Volte!
     A minha vida é como um rio e vou aproveita-la cada dia. Agora estou sozinho, sem rumo numa estrada sem fim, mas o tempo vai passar rápido demais e Deus vai trazer o meu amor de volta.
     - Oh meu Senhor! Meu Deus... Traga o meu amor de volta e a minha dor desaparecerá para sempre!
     Não espere mais Senhor, traga o meu amor de volta e faça a minha dor desaparecer... Meu amor, se eu pudesse fazer você voltar te diria uma só palavra: Eu te amo!
     Entre luzes que iluminam estradas e paisagens com cores de arco-íris, reviveremos todos os nossos sonhos e os momentos de ternura que a vida nos proporcionou e que ainda vai nos proporcionar para a eternidade. Não ficarei mais um só segundo sem abraçar você, sem segurar a sua mão quando você tiver medo, e vou te fazer dormir quando você estiver com medo dos trovões e das tempestades.
     Mar de risos e ouro dos céus: Ali viverei cada dia da minha vida! Quando o amor está longe, o tempo não faz planos e peço: Oh meu Senhor! Meu Deus! Traga o meu amor de volta e faça a minha dor desaparecer. Se pudesse te pedir o presente que quisesse, tenho certeza do que pediria e sei que isso ainda levaria um bom tempo para Deus me oferecer. Deus vai me oferecer! O meu presente, Deus ainda vai me oferecer.
    Entre estradas escuras e rastros sem saída, ainda tenho a luz e não vou ter medo da escuridão.
    - Quando a tempestade chegou, fechei os olhos para espantar o medo dos raios e trovoadas, mas lembrei-me que existia uma luz dentro de mim para conduzir os meus passos. Toda vez que oro a Deus, ela brilha, brilha, mais e mais... Mesmo quando há escuridão, Deus habitará na luz do meu ser e um farol se erguerá e a luz se fará dentro de mim...
    O farol vai me ajudar a te encontrar, e não há tão linda luz quanto poder ser salvo pelo Senhor meu Deus e não ter medo das chuvas, das tempestades, do rio de águas escusas, do mar de ondas gigantescas que invadem e inundam a estrada, pois estou muito perto de encontrar o meu amor.
    Se eu tiver que enfrentar as ondas ou correntezas sem ao menos ter como remar para fugir da bravura das águas, não vou desistir de te encontrar, não temerei mal nenhum e caso me afogue, Deus virá me buscar...
     Ele andará sobre as águas...
     Andará comigo sobre o mar.
     Amém!
TRECHO DO LIVRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário