bggghjkkkk

bggghjkkkk

23 de janeiro de 2016

LIVRO - ROSAS SEM CHEIRO

ROSAS SEM CHEIRO,


Se pudesse, voltaria no tempo pra corrigir um momento de minha vida: Quando amei demais. Amar demais pode ter sido minha maior doença. Mata-nos aos poucos, pelas beiradas da alma, pelos cantos da razão, no meio do coração - Como um tiro no peito: Infarto agudo da alma. Se tivesse sido um Super-Herói, eu teria dado várias voltas ao redor da terra. Não para ressuscitar o passado, nem para salvar a mulher que amei... Mas pra trazer de volta as cores que deixaram de habitar os meus jardins, de matos cinza, terras negras,[ rastros sem saída ]... De plantas murchas e Rosas sem Cheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário